Uma questão de anatomia!

Rio de Janeiro, não me lembro que dia.

Querida Carminha,

fico tão feliz quando você me escreve de volta. Assim, fico sabendo que apesar do Português ser assim "sem pé nem cabeça", meio confuso, você esta ficando fluente no Brasileirez! Você ja reparou quantos pés existem na nossa língua? Quando dizemos que algua coisa não vai dar certo, falamos que "não vai dar pé"! Quando sussurramos no ouvido de alguém, falando assim de mansinho, estamos então "falando ao pé do ouvido"! A cadeira, a mesa e a cama todos tem pés!  E não vamos nos esquecer do pé de laranja, pé de alface, pé de moleque.  Você me perguntou "em que pé" que estava o meu projeto de escrever o livro. E eu vou logo te respondendo que anda muito bem, apesar do meu quarto estar desorganizado e virado "de ponta a cabeça".  Você bem que poderia vir até aqui me dar uma "mãozinha" com a bagunça! Afinal de contas "uma mão lava a outra". E hoje teria sido o dia perfeito porque vai cair o maior "pé d'água"!

Isto me faz lembrar que a cadeira também tem braço! A cebola tem cabeça! O alho tem dente! O furacão tem olho!  A agulha tem olho também. O livro tem orelhas . As paredes tem ouvidos. O gol do futebol tem cabeça e tem cara.  Como eu sempre te coloco na "cara do gol", você sabe exatamente do que estou falando, não é? E,  se eu não me comportar bem na escola, é capaz da Dona Neuza me botar no "olho da rua", ou seja, me expulsar de vez! E isto vai dar o maior rabo!

Como você sabe, eu sou lindíssima e por isso ando ultimamente atraindo muito "olho gordo"! Tem muita gente invejosa me olhando. Que "cara de pau"! Uma ousadia mesmo! Você conhece algum remédio para "olho gordo"? Me contaram que um colírio dietético é capaz de resolver a questão.  Não fique de "boca aberta", nem de "queixo caído", pois eu juro que é verdade! E eu não sou de "enfiar os pés pelas mãos". Não sou precipitada e só falo com tenho absoluta certeza!

Bom amiga querida, bateu um soninho e eu vou "tirar uma pestana", porque na noite passada não "preguei o olho". Vou tomar um "dedinho" de Coca-Cola , fazer uma "boquinha", "cair de boca" no bolo de laranja que eu vi na cozinha.

Um beijo estalado

Sua Re-amiga

                                            

 

Mais Cartas    Alzirez         Histórias      Principal

Assine o meu livro de visitas 

Free Guestbook from Bravenet.com